<body>

Mamãe e Papai

O nome da mamãe é Maria Eunice,
casada há quinze anos com o papai Maurício,
sempre foram muito felizes,
porém, para que sua felicidade fosse completa,
faltava um filho,
e então eles receberam um presente: eu!

Contato

Retrospectiva

Tabelinha de Desenvolvimento
Idade
Peso (g)
Altura (cm)
Ao nascer
3.200
50
10 dias
3.450
50
1 mês
4.355
54
2 meses
5.590
59
3 meses
6.550
51
4 meses
7.230
64
5 meses
7.750
66
6 meses
8.350
69
7 meses
8.800
71
8 meses
9.300
72
9 meses
10.00
74
10 meses
10.550
75
11 meses
11.00
76
12 meses
11.750
77,5
13 meses
12.00
78,5
14 meses
12.250
79,5

Selinho

Descanse o mouse sobre o código acima e copie
( ctrl + c ), abra a área que deseja colocar o Link e cole ( ctrl + v).

Selinhos de Amigos
Image hosting by Photobucket

***Bela Gabriela***

Fada Bella

Samuca Sapeca

Nosso Bebê

Links de Amiguinhos

Soltando o Som
Música: Você
Intérprete Maurício Manieri

Se preferir navegar sem som...
clique no "STOP"

Olha a Hora!

Que dia é hoje?




Layout Antigo
Layout Antigo
Clique para melhor visualização.

Visitas

Postagens Recentes
  • DOIS ANOS DE FELICIDADE!!!!!

  • Boas festas!!!!!

  • Saudade, saudade!!!!

  • Saudade, saudade!!!!

  • Atchim!!!!

  • OI!!!!!!!!!Quanto tempo sem vir ao nosso cantinho!...

  • " Olha a chuva..."

  • 16º Mesversário do Octávio

  • Feliz da vida!!!!!!!!!!!!!!!!

  • 15º Mesversário do Octávio

  • Arquivos
  • Maio 2006
  • Junho 2006
  • Julho 2006
  • Agosto 2006
  • Setembro 2006
  • Outubro 2006
  • Novembro 2006
  • Dezembro 2006
  • Janeiro 2007
  • Fevereiro 2007
  • Março 2007
  • Abril 2007
  • Maio 2007
  • Junho 2007
  • Julho 2007
  • Agosto 2007
  • Outubro 2007
  • Novembro 2007
  • Dezembro 2007
  • Janeiro 2008
  • Créditos

    Comentários - Haloscan

    Host Images - Photobucket

    Host Blog - Blogger

    Lilypie 1st Birthday Ticker
    28.5.07
    ~ 16º Mesversário do Octávio ~

    Mais um mês do meu lindo!!!!

    Espero que todas tenham tido um feliz dia das mães!!! O meu foi ótimo e pude mais uma vez agradecer a Deus a graça de estar com meu filhinho querido. Espero também que estejam todas bem. Parabéns para o lindo Henrique da Simone.
    No último dia 24 ele fez, mas um mês de vida: o 16º mesversário.
    Ele está todo serelepe, não consigo mais tirar fotos sem que ele esteja em movimento, rsrsrs.
    Sua rotina já não é mais a mesma, ele sempre acordava cedo, tirava sonequinhas ao longo do dia. Agora acorda mais tarde e dorme apenas à tarde, um sono bom, mais só à tarde. O resto do dia só quer saber de brincar, de passear e seu predileto: rádio. Meu pequeno adora música, ele já acorda falando: rádio, rádio... Na língua e do jeito dele, canta e dança o tempo todo. Será que terei um artista em casa?
    Está na fase papagaio: repete tudo que falamos e na maioria das vezes não sabe o que falou, só repete na hora que ouve. Apenas algumas palavras ele sabe do se trata e fala quando quer, como: papai, mamãe, vovó, vovô, rádio, acua, abri, mo bem, bebê, gol, papa, mama, titia, bumbum, não, amém, alô...Sem esquecer que ele é cantor: alecrim... Fada...Cocó... Sabe o início dessas músicas. Agora aprendeu a falar tantão com a mamãe que vive dizendo para ele que o ama um tantão, olha para as pessoas que gosta, abre os braçinhos e diz: - tantão.
    Como já disse ele está super peralta, na fase do abre e fecha armários, abre e fecha portas, uma loucura...Rsrsrs e na casa de minha mãe na raque, na parte de vidro tem uma sagrada família, ele vai para mexer nos cds e quando danamos, ele põe as mãozinhas uma sobre a outra e diz: amém. Pode uma coisa dessas, já sabe disfarçar.
    Outra descoberta dele é o telefone, sempre gostou, até tem um de brinquedo que carrega para todo lado, mas agora quer os nossos, os da casa e liga o dia todo para a vovó e o vovô. Temos que ficar de olho, senão os telefones estão sempre fora do gancho... O computador continua ser outro fetiche do meu pequeno, adora teclar...
    Nossa consulta mensal vai ser no próximo dia 29, então ainda não sei seu tamanho e peso desse último mês, já fico preocupada com antecedência, porque ele continua péssimo para comer, ou melhor, não quer saber de comer a não ser balas, danones, chocolates... e outro problema: ele chora tanto no consultório para ser examinado, que quando termina a consulta parece que levei uma surra. Se alguém tiver dicas sobre os dois temas , estou aceitando ajuda.
    Bom... acho que já escrevi demais, demoro para postar e depois quero escrever tudo em um único dia. Por falar em demora, peço desculpas porque não estou conseguindo visitar os blogs como queria. Mudei de serviço e agora trabalho mais horas por dia e não tenho como ficar no pc. Acho que já disse que sou professora, agora estou vice diretora e ando o dia todo pela escola e ainda tenho que trabalhar algumas noites, não sobra muito tempo para teclar e em casa, quando chego, quero curtir o pequeno... acho que a maioria sabe como é difícil conciliar trabalho, filhos, casa,... e detalhe: casa em reforma, com pedreiro, encanador, eletricista, arquiteto... eita... será que vou dar conta?
    Beijos, boa semana a todas!!!!!!

    Vejam que lindo scrap a dinda Fafá nos mandou.


    11:30 AM |

    11.5.07
    ~ Feliz da vida!!!!!!!!!!!!!!!! ~

    OI, amigas!!!!!!!!
    Mais uma vez estou sumidinha... mas, como contei no último post, saiu a adoção do Octávio e esses dias estive compenetrada em terminar meu bimestre escolar para poder ir a Goiás buscar a certidão de nascimento.
    Fizemos a viagem para Goiás de carro, assim como quando fomos buscar o Octávio, porque os aeroportos mais próximos acabam sendo tão longe que compensa a viagem de carro. Acabei relembrando cada momento de um ano e três meses atrás...
    Sempre escuto dizer que Deus sabe a hora certa para tudo, que Ele traça os caminhos de nossa vida, que existem os Planos de Deus... mas tudo isso não reconfortava meu coração: eu queria ser mãe!!! Por mais que rezasse, que pedisse paz de espírito... eu sempre perguntava a Deus por que eu não podia ter um filho... será que eu não era merecedora??? Tantas mulheres engravidavam e até abortavam por que não queriam seus filhos, tantas diziam: não quero nem saber de ter mais filhos, deforma o corpo... tantas deixavam crianças sofrer por falta de cuidados... mas eram mães e eu não. Então, eu vivia tentando me livrar desses pensamentos e aceitar o fato de não ter filhos. Já tinha feito muitas intervenções: inseminação, fertilização in vitro... e no final de 2004 decidi que chegava, não queria mais passar por aquilo. Mas ainda doía no peito a ausência de um filho.
    Nesse período, uma amiga querida me falou da adoção... confesso que nunca tinha sido muito aberta a essa idéia... os caso de adoção que conhecia eram tão problemáticos... filhos que davam tanto trabalho aos pais... tinha medo também de não amar como filho, tinha medo de minha família ou a de meu marido rejeitarem uma criança adotiva... enfim, tinha muitos medos.
    Meu marido estava empolgado com a idéia, mas eu ainda estava relutante quando demos entrada nos papéis para fazermos parte da lista de casais para adoção. Em julho de 2005, estava em casa curtindo as férias, quando uma conhecida me colocou em contato com uma linda criança: Gabriela de um ano e três meses... ela ficou em casa por apenas três horas, mas mudou minha vida. A mãe da criança estava passando por um período difícil, mas não entregaria a criança para adoção como pensou minha amiga. Não era a minha filha a Gabi, mas o que contou foi que percebi que podia amar e muito, qualquer criança, mesmo que não viesse de minha barriga.
    Sim, agora sim eu me sentia pronta para a adoção. A Gabi tinha aberto meus olhos, eu queria ser mãe e para isso eu não precisava necessariamente gestar em minha barriga, mas acima de tudo em meu coração.
    Em setembro surgiu a oportunidade de adoção de um menino, em outubro de uma menina... imaginem quanta ansiedade, dúvidas... o menino ou menina? Bom... eu achei que eu decidiria isso, mas não foi bem assim... no dia 03/01/06 nasceu o menino que eu acompanhava a gestação e na semana seguinte nasceria a menina: o que fazer? Graças a Deus havia anjos do meu lado que me mostraram que Planos de Deus não eram só palavras vagas... tudo deu muito certinho e o Léo foi viver com sua mamãe Maga. No dia 10/01/06, nasceu a linda Heloísa e fomos busca-la... havia sido a “ nossa escolha”... a mãe mudou de idéia.
    Imaginaram como eu fiquei??? Aquela sensação de inconformidade com a vontade de Deus e seus Planos vieram à tona como uma bomba atômica.
    Mas Deus é paciente ... e me mostrou que não vale minha vontade ou escolhas, mas aquilo que ele prepara. Fui ficar uns dias na fazenda para acalmar o coração e advinha quem estava reservado para mim: Octávio Augusto.
    Nos dias que passei na fazenda, conheci uma moça em uma cidade próxima, que tinha entregado seu filho em adoção naqueles dias para uma família da cidade, o bb nasceria em breve... Fiquei na fazenda até o dia 22/01/06 chegamos em casa por volta de meia noite em casa, após seis longas horas de viagem. No dia 23/01, por volta de 14:30, liga uma moça dizendo ser a bio que eu havia conhecido, que ela estava para dar a luz e que após ter me conhecido queria me entregar seu filho, para que eu e meu marido cuidássemos dele. Meu Deus, como assim?? O Conselho Tutelar já não havia tomado conta do caso e encaminhado a criança para uma família substituta!! E ela não iria mudar de idéia? E??? Muitas perguntas... A bio foi clara: não tenho como cuidar da criança que vai nascer, mas vi em você a mãe que tanto pedi a Deus para cuidar dele para mim.
    Novamente quanta dúvida, ansiedade, medo... e se desse errado novamente??? Falamos com o Conselho Tutelar da cidade, como a vara da criança e adolescente da cidade...e dia 24/04/06, logo pela madrugada estávamos na estrada e por volta de 11:46 da manhã com o lindo, mais lindo dos lindos no colo. Daí em diante parecia que havia um anjinho indo a nossa frente, resolvendo tudo e nós chegávamos só para assinar. No Conselho tutelar, no Fórum da cidade... dia 26/01/06 trouxemos nosso filho querido para casa. Seis horas de viagem...
    Hoje estar chegando em casa com esse registro na mão me fez reviver toda essa história e por isso tinha que vir falar com todas... Deus tem Planos para nós, Ele traça nossos caminhos... “E ainda se vier noites traiçoeiras, se a cruz pesada for, Cristo estará contigo, o mundo pode até fazer você chorar, mas Deus te quer sorrindo...” Amigas queridas “Deus está aqui neste momento, sua presença é real em meu viver, entregue sua vida e seus problemas, fale com Deus, Ele vai ajudar você...” isso aconteceu comigo.
    Não sei como será meu futuro, não sei como será o futuro do Octávio e de nossa família, mas tenho hoje certeza de que: “Seja qual for o seu problemaFale com Deus, ele vai ajudar vocêApós a dor vem à alegriaDeus é amor e não te deixará sofrer. Vocês já devem imaginar que termino esse post chorando, mas com muita alegria, obrigada meu Deus, por ter me concedido a graça de comemorar pelo segundo ano o dia das mães!!!!! Aproveito também esse momento para desejar um feliz dia das mães a todas vocês. A todas que foram meus anjinhos: Ivone, Amanda, Bel, Maga, Messias, Vanilda, Neuza, Mara, Patty, Flávia, Roberta ... a todas que rezaram por nós pela chegada de nosso filho, a todas que nos acompanharam desde o início do blog... a todas que visitam nosso cantinho... Feliz dia das mães!!!!! Feliz dia das mães as que gestaram em seu ventre e as que gestaram de forma especial... enfim... a todas que gestam o amor a cada dia em seus corações!!!!!!!!!!
    Ps. Neste findi quero visitar todos os bloguinhos!!!

    Beijos no coração!!!!!!!!



    3:53 PM |

    Layout Exclusivo Desenvolvido Pela Fábrica de Layouts Proibida a cópia parcial ou total.